Um ano depois, Marco de Vargas comenta episódio sobre Jorge Jesus

Comentarista e narrador dos canais Fox Sports, Marco de Vargas sempre ficou muito conhecido por sua incríveis narrações em jogos da Libertadores, mas também, o jornalista de 47 anos, ficou marcado na mídia após sua participação no programa “Expediente Futebol”, no Fox Sports. No dia 01/05/2019, Marco comentou sobre uma possível chegada de Jorge Jesus no comando do Flamengo com algumas críticas ao treinador português.

E claramente, o episódio tomou uma proporção gigantesca, o narrador usou, na época, suas redes sociais para se desculpar pelo episódio, mas mesmo assim, a torcida do Flamengo ainda parece guardar certo rancor pelo jornalista. A equipe do Urubu Interativo teve a oportunidade de bater um rápido papo com Marco de Vargas.

A entrevista a seguir foi realizada no dia 25/02/2020

-Joubert Jr: Qual sua opinião atual sobre o Jorge Jesus?

-Marco de Vargas: Jorge Jesus tem uma personalidade ímpar, até mesmo admirável. Hoje posso afirmar isso sem correr o risco de equivocar-me. Creio que a forma dele pensar e executar futebol casou perfeitamente com aquilo que o Flamengo precisava e pensava ao montar um elenco capaz de ser multicampeão. É o técnico certo no clube certo, não há o que discutir.

-Joubert Jr: Acredita que ele possa levar o Flamengo à um título mundial?

-Marco de Vargas: Falar de título mundial tendo uma temporada inteira ainda pela frente, com desafios e batalhas a serem vencidas pode parecer presunçoso, mas tratando-se desse Flamengo vencedor e do técnico obstinado que ali está, por que não almejar logo o topo do Everest?

-Joubert Jr: No cenário atual, Jorge Jesus seria o técnico ideal para a Seleção Brasileira?

-Marco de Vargas: Somos um povo que gosta de futebol mas que, essencialmente, gosta de vencer. Estamos todos tão carentes de uma Seleção que nos encante, que nos faça sonhar, que volte a conquistar uma Copa. Pois o Flamengo de JJ nos encanta, nos faz sonhar e conquista títulos relevantes. Se dessem a ele uma condição tão favorável quanto essa que o Flamengo oferece e, se desejasse aceitar o desafio com afinco, creio que essa poderia ser uma experiência engrandecedora para ambos.

-Joubert Jr: Sente arrependimento daquele episódio ao falar do treinador português?

-Marco de Vargas: Evidentemente que sim. Escolhi, à época, a pior maneira de tentar expressar minha opinião no debate com os meus colegas de bancada. Aquilo não condiz com a minha forma de fazer a coisa. Me equivoquei amargamente ao escolher tal viés. Foi um dia ruim. Ruim não, péssimo. Pode acontecer com qualquer um. Lamento. E lamento ainda mais que minhas reflexões sobre o fato via redes sociais e através dos espaços na tevê não obtiveram um por cento da repercussão gerada pelo julgamento e condenação feitos pelo tribunal da internet. Até hoje há resquícios de ódio e perseguição relacionados ao fato, mas é assim que a banda toca, para todo mundo. Fica a lição e vida que segue.

fonte: urubuinterativo